Free Web Hosting Provider - Web Hosting - E-commerce - High Speed Internet - Free Web Page
Search the Web

Homem Nu

 

Homem nu, sentado numa privada qualquer e a água do chuveiro cai impetuosa. Um homem nu molhado, num banheiro qualquer e uma água quase quente o exime de responsabilidades que, no frigir dos ovos, ele até queria assumir. É bem lógico: ninguém consegue sobreviver sem ter uma carga de pressão e de desgosto sobre sua cabeça.

Homem nu, agora está num ambiente público, junto a todos os sorrisos sem resposta. Sua roupa, de acordo com o gosto vigente, não passa de uma carapuça de culpa. Está absolutamente nu para seu universo, está desguarnecido, sem chances de expor resistência. E os ataques são constantes, os risos de afirmação, as palavras que só refletem uma certeza absurdamente indelével, os gestos de querer ser melhor que o melhor dos melhores, os atos mínimos que, num funil das animosidades humanas, resultarão em atos de grandiloqüência beligerante.

Homem nu, corre na chuva tentando escapar das serpentes quotidianas que só fazem envenenar aquilo que poderia ser um lugar calmo para se assentar. Mas o que seria assentar? Diante do estágio atual das pragas humanas esse verbo serviria plenamente de sinônimo para utopia. Corre, corre desesperado sem mais recurso algum; não percebe perspectiva, só corre fugindo da chuva, fugindo do seu ser.

Homem nu, deitado na cama de pregos de sua madrugada sem respostas. Só dúvidas e lembranças caem do telhado repleto de negror. O passado era menos nu. A derrota foi apenas um lapso, que poderia ser reparada. O homem nu não consegue encarar suas coxas peludas, não reconhece suas partes mais intimas. O homem nu não reconhece seus atos, fica parado num esquecimento longínquo, num tempo cuja essência baseava-se em morrer na própria praia, com folhas de bananeiras a esconder suas intimidades.

Hoje vulnerável demais; pronto para ser atacado. Nu, absolutamente nu. Na sua nudez caminha pelas ruas cheias de pudor e roupas pudicas. Não acha seu caminho, não consegue se revestir, só consegue admitir que está nu. Homem nu, simples e dolorosamente nu.